[ busca ] [ bans ] [ b / coz / frufru / escoria / mad / foguinho / coven ] [ mod ]

/b/ - Aleatoriedades

Nome
E-mail
Assunto
Comentar
Verificação
Arquivo
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Meninos são permitidos, porém recomenda-se discrição. Na dúvida, postem como meninas. Caso se sintam incomodados, postem como garotinhos de anime.

File: 1582478727061.jpg (170,64 KB, 1107x1200, 1567712380603.jpg) ImgOps Exif Google

 No.5124[Responder]

Como vocês lidam com o sentimento intrínseco de solidão?
Esse carnaval só tem servido para me botar para baixo, anãs. Eu, simplesmente, penso que nunca serei digna de receber amor.
Sou maior de idade, lésbica, e virgem. Busco ter a minha primeira relação com alguém especial, mas não sei se isto chegará a acontecer. Não sou convencionalmente atraente, e meus únicos amigos são os meus pais. Detesto o foguinho e outros aplicativos similares, visto que, por experiência própria, só servem como um fuckbook, e não para adquirir alguém digna de minha intimidade e companheirismo, que é o que eu viso alcançar.
Para vocês terem uma noção, enquanto escrevo isto, estou na praia (e um tanto bêbada, portanto, ignorem quaisquer possíveis erros gramaticais). Não sei, se este sentimento me acertasse há alguns anos atrás, estaria considerando o churrasco neste exato momento. Mas, tenho outros objetivos, estou estudando, e ganhando o meu próprio dinheiro. Não sei, talvez as coisas não estejam tão perdidas para mim. Só espero experimentar o amor alguma vez, anãs, espero ser digna disto. Não há nada mais lindo do que o amor.


File: 1581876454299.jpg (125,64 KB, 868x644, carnaval-868x644.jpg) ImgOps Exif Google

 No.4928[Responder]

O chan está parado porque as anãs estão pulando carnaval?

Quais bloquinhos?
9 mensagens e 1 resposta com imagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5010

File: 1582081451525.mp4 (4,55 MB, 544x800, gordinha sarradeiro.mp4) ImgOps Google

>>5003
Eu vou.

 No.5016

>>5010
Vai ter um bloco de funk?

 No.5092

>>5016
sim.

 No.5122

>>5092
Perdi então, hoje tem mais algum de funk?

Ontem eu fiquei pelo centro, foi muito bom.

 No.5123

File: 1582467007992.mp4 (2,67 MB, 480x360, 1582044510281-1.mp4) ImgOps Google

>>5122
Hoje terá na Matriz, alguem vai?



File: 1582053468097.mp4 (1,04 MB, 400x220, musica do raio.mp4) ImgOps Google

 No.4995[Responder]

Vocês ja usaram algo ilicito?
Quais e qual foi o resultado?
>Me
>Cocaine
>fiquei louca
>Liked
19 mensagens e 6 respostas com imagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5115

>>5113
>Você cometeu tantas falácias argumentativas em tão pouco tempo que eu só posso recomendar-lhe estudar retórica.
Falácias argumentativas são estudadas na Lógica e não em Retórica. Essa diferenciação não é uma questão meramente semântica. Através da linguagem analítica você analisa os dados, valida eles como verdadeiros ou falsos e após estabelecido o conhecimento, você o organiza para apresentar a pessoa ou grupo de acordo com o contexto discursivo através da retórica.

>Quanto ao uso de enteógenos para alterar o estado mental ser algo relevante a ser estudado, pelos seus próprios argumentos: você, até então só percebe o mundo pelos seus sentidos, aparentemente, o uso de determinadas substâncias altera a forma pela qual você o percebe, não li ninguém advogando por parar de pensar.


Você usar substâncias como maconha, cocaína crack, plantas e afins altera sua sensibilidade da seguinte forma: desfigura e deforma os dados que são recebidos por eles. De que modo é falacioso inferir que isso compromete a qualidade de pensar, já que pensar é organizar conceitualmente as informações materiais adquiridas pelos sentidos? Epistemológicamente, pensar se dá apenas através de conceitos e definições claras, proposições através do uso de palavras. Vai ter a cara de pau de negar que as drogas comprometem essa capacidade? Reitero, por dedução lógica, mesmo que você chame isso de qualquer outra coisa, se drogar é SIM evadir de pensar. Você ignora diferenças qualitativas, como se a experiência de sentir a realidade sóbrio e sob estado alterado de consciência fossem apenas "dois jeitos diferentes", mas igualmente interessantes.

Eu quero que você me responda COMO que é saudável à mente de uma pessoa pensar de maneira letárgica (como no álcool e na maconha), com quadros de paranóia (maconha e cocaína) e alucinando com imagens completamente desconexas do lugar material e físico de onde a pessoa está (ayahuasca e lsd). Vai lá, te dou toda a confiança.

 No.5116

>>5113
E só para constar: Apelar ao comportamento de uma pessoa nem sempre configura ad hominem. Quando a base do argumento é justamente a relação entre o tipo de crença que a pessoa sustenta e seus vícios de comportamento, esses apontamentos que eu fiz a respeito da anã são válidos.

 No.5118

>>5115
Sim, são questões semânticas. De qualquer forma vou me ater à não desencarrilhar o fio corrigindo gramatica nem discutindo semântica com adolescente edgy [a base do argumento é justamente a relação entre o tipo de crença que a pessoa sustenta e seus vícios de comportamento].
Agora respondendo propriamente: Nós não sabemos, o que sabemos é que historicamente vinha sendo utilizado por diversas sociedades em rituais, e hoje vê-se correlação positiva entre o uso de substâncias enteógenas e tratamentos de doenças mentais, tais quais depressão e quadros de bipolaridade(por favor, seja menos arrogante e pesquise sobre o que são enteógenos e suas diferenças das drogas recreativas).
Parece que você tem pouca ideia do que tá falando e vai ser irredutível na sua posição, tudo bem, só sugeriria que você saísse mais de casa.Não acho que vou respondê-lo depois, estou ficando cansado.

 No.5120

>>5118
Que engraçado, depois sou eu que sou falacioso. Largue a merda do baseado e vá estudar sobre epistemologia, pois a droguinha já derreteu seu cérebro. Você vai me dizer que diferença entre forma e conteúdo também são meramente semânticas? Vai me dizer que o uso de palavras é meramente arbitrário? Vou te explicar de um jeito menos formal: Retórica é a arte de ajustar uma determinada informação a um público. Ela não é a ferramenta de cognição para diferenciar o verdadeiro do falso. Quem faz isso e portanto, distingue entre raciocínio válido e falacioso é a lógica.
Quando você pressupõe que Retórica e Lógica são a mesma coisa, você pressupõe que "verdadeiro" e "falso" dependem de ponto de vista e não de sua correspondência com a realidade.

Além de não responder nenhuma das minhas perguntas de forma direta, você lançou uma série de variações daquela esquiva clássica de gente estúpida "ah meu, nada ver isso aí que você falou".

E sobre a distinção entre uso medicinal e uso recreativo: Você acha que essa distinção surgiu apenas por modos diferentes de uso? Pois eu te digo: CLARO QUE NÃO, SEU ANIMAL. Via de regra, as propriedades medicinais extraídas das plantas são processadas e isoladas daquelas que podem fazer mal. O caso mais claro está na separação entre canabidinol e Delta-9-THC. Na maconha recreativa, você tem a potencialização de quadros de paranóia e esquizofrenia. (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15780846; https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2424288/; https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4604190/). Porém, avançando nos próprios exemplos que você deu ó:

Tá aqui a suposta "associação positiva" entre enteógenos e doenças mentais. (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5433617/);

Agora eu te pergunto, a PORRA DO FIO É SOBRE DROGAS MEDICINAIS? TAMBÉM NÃO. Você também sabe disso. Das duas, uma: ou está misturando os dois assuntos por erro de interpretação ou está fazendo por malícia. Nunca falha, diga que drogas recreativas fazem mal que sempre aparece um drogado de bosta para dizer "USO MEDICINAL!" como muleta.

Ah, e um pouco da minha vida pessoal: Eu não sou nem adolescente, nem edgy e nem neet. Eu já usei pó, maconha e álcool. E vá para a Deusa que pariu com essa capacidade de análise porca.

 No.5121

Also, numa coisa concordamos: Eu também desisto. Eu estou nesta bosta de chan há quase 3 meses, e até agora eu só vi gente incrívelmente burra por aqui com exceção da Mage, que acho que aceitou moderar isso aqui como penitência para se torturar. É inacreditável que frases como "ai, acho que você não pode rotular desse jeito"; "as coisas são muito complexas, não dá para ter uma opinião tão objetiva assim" só saem da boca de mulheres e afeminados em geral. Deixem de ser macacos, isso não é ser mente aberta; isso é justamente evitar de criar qualquer conceito. A essencia do conceito é a delimitação, a restrição de um elemento observado a uma definição que permita distinguir ele de outra coisa. Do contrário, casa, carro, cachorro e televisão seriam a mesma bosta. Imagine se qualquer cientista partisse do pressuposto de não definir e não avaliar? Não haveria ciência. Do mesmo jeito, sem definir e sem avaliar não existem conceitos.

Aliás, outra jumenta neste fio mencionou a "sabedoria dos ameríndios". Deusa sabedoria que existe em culturas que sacrificavam deficientes ao Deus Sol e praticavam canibalismo contra inimigos de guerra.



File: 1577393387494.jpg (45,8 KB, 630x630, 1493881342582.jpg) ImgOps Exif Google

 No.1652[Responder]

O que acham de homens com nojo de menstruação?
https://55chan.org/b/res/28654144.html
14 mensagens e 2 respostas com imagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5020

>>1717
Já o contrário não se aplica… AHHH FEMINISTAS.

 No.5023

Nojento pra caralho, parece que tá podre.

 No.5030

>>5001
>implicando que eu não o faria

 No.5055

Não é nojo, é apenas uma questão de praticidade.
Por exemplo, por mais que você goste de melancia, você enfiaria a cabeça em uma melancia para come-la e se sujar todo?
Eu não.
Menstruação pinta e suja tudo.

 No.5119

Ugh, tô fora de sangue. Móh nojeira. Enfiaria o pinto entretanto. Bêbado.



File: 1582266491709.jpg (28,95 KB, 286x284, shoganai.jpg) ImgOps Exif Google

 No.5074[Responder]

>Ultima resposta 2 horas atrás
Esse recinto está ganhando mais membros?

 No.5095

Nunca saberemos.

 No.5117

File: 1582415845018.mp4 (1,09 MB, 226x400, riodejaneiro.mp4) ImgOps Google

>>5074
está.



File: 1582212675645.png (180,61 KB, 349x407, 15834584765743.png) ImgOps Google

 No.5054[Responder]

Anãs, vocês já descobriram ou suspeitaram que um cara se masturbou pensando em vocês? Como vocês se sentiram, ou se sentiriam caso descobrissem?

Pessoalmente eu acho nojento, mas sei lá. Tenho uma sensação ambivalente sobre isso. É grotesco só de imaginar, mas ao mesmo tempo sinto minha autoestima aumentar um pouco por saber que sou desejada assim.
10 mensagens e 2 respostas com imagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5099

Eu só fapei pra quem eu estava flertando, no caso foi mútuo. Bater uma pra aleatória é doentice e muita imaginação.
Also, um h-word médio fapa mais pra pornô do que pra mulher irl. Ou se o nude for explanado.
Se você for bonita e discreta não terá sua imagem na fantasia de um incel/beta.
É tanto que tem h-word que mesmo tendo pitanga continua fapando pra pornô. Creio que o pornô diminuiu muito esse lance de h-word bater pra qualquer uma.

 No.5100

>>5098
Se mandar nude terá isso. Ou seja, bem simples.

 No.5109

File: 1582384848370.jpg (38,69 KB, 512x353, 1582273261557.jpg) ImgOps Exif Google

>>5099
Aí que você se engana, anã. Ver a foto de alguma conhecida com pouca roupa ou em alguma posição erótica é MUITO mais excitante que ver uma aleatória com com a buceta toda arreganhada. Talvez eu tenha visto tanto pornô que essas aleatórias perderam a graça, mas talvez seja que conhecer a outra pessoa realmente deixa a coisa melhor.
Em todo caso, um hábito que tenho é colecionar as fotos de conhecidas. Geralmente visito o instagado procurando por fotos delas que sirvam como fap material (fotos de bikini, usando saia curta, até mesmo uma foto de rosto, se tiver ficado num ângulo legal). Tanto é que minha pasta de garotas 3D quase não tem gente pelada, só fotos do instagado de conhecidas. Praticamente só salvo imagens de garotas 2D peladas e conhecidas 3D.

 No.5110

>>5100
Não sou tão desesperada para fazer tal ato, apenas meretrizes sem nenhuma vergonha na cara fazem isso.

 No.5114

>>5110
Foi uma "piada".



File: 1582228891923.jpg (43,5 KB, 370x395, 10-traits-of-an-alpha-woma….jpg) ImgOps Exif Google

 No.5057[Responder]

A mulher ideal, modelada segundo os nossos objetivos, fala pouco e de forma acertada. Usa um tom de voz grave e imperativo. Fala em tom de comando. Não pede permissão para seu companheiro: ordena, mas não o obriga a obedecer, deixando a ele o direito da recusa. Não fala sobre si mesma. Não se lamenta. Não confessa suas fraquezas. Não chora em presença do companheiro. Não é tagarela. Olha nos olhos repentinamente, de forma fixa e firme. Não o observa todo o tempo, apenas de vez em quando.
Não fica em cima: quase ignora sua existência. Não discute. Não polemiza: simplesmente informa. É uma rainha em seu domínio e não uma serva. Não sente falta, não sente saudade. Não assedia. Não fica olhando para os corpos ou posses de outros otários, porque não é luxuriosa e nem fornicária. Apesar disso, quando finalmente o ser inferior a procura para o sexo, mostra sua força em um sexo selvagem avassalador como um furacão. É um terremoto na cama. Não lança cantadas: agrada sem esforço. Não grita. Não deixa que os jogos sujos passem em branco: sabe devolvê-los.

Não é uma palhaça. Não é engraçada. Não ri com frequência: apenas sorri levemente de vez em quando. Quando finalmente ri, sua gargalhada parece ter algo de estranho. Toma a dianteira nas situações. Domina a relação para o bem e não para o mal, tratando o otário como um menino. Não importuna seu companheiro perguntando sua opinião o tempo todo.

Não se irrita com as provocações: sabe devolver as consequências a quem as lançou. É impenetrável, distante e misteriosa.

Não proíbe e nem se vinga: devolve as consequências, premiando os sinceros e levando os insinceros que tentam enganá-la a arcarem com os próprios atos.

Não corre atrás das mentiras pois não lhe importa se está sendo enganada ou não. Não se compromete de graça: cobra um alto preço. É um prêmio. Se valoriza. Não é afetadamente sensível. Não é delicada. Pode ter muito dinheiro mas o despreza. Está acima dos preconceitos sociais.

Não é moralista e nem uma "certinha" amiga dos bons costumes. Quando entra em um ambiente, atrai a atenção dos otários porque os ignora. Não implora para ser amada. Não necessita de carinho passional para ser feliz: despreza-o por saber que é falso e hipócrita, prefere o amor verdadeiro. Ajuda. Orienta. Cuida. Protege. Guia. Não comete injustiças com o companheiro. Mantém a razão ao seu lado . Usa a dureza e a firmeza para o bem e não para o mal.

É desconcertante. Surpreende. NãMensagem muito longa. Clique aqui para ver o texto completo.
1 mensagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5060

Onde tem Muié assim? Eu quero…

 No.5062

File: 1582239224810.jpg (803,35 KB, 1193x1600, 221519.jpg) ImgOps Exif Google

  Está parecendo um perfil de Ok Cupid.

 No.5069

File: 1582256300920.jpg (46,32 KB, 450x900, 135179492428.jpg) ImgOps Exif Google

Isso é um texto antigo tirado dos retardos do Nessahan Alita, só mudaram a palavra "ho­mem" por "mulher".

http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2011/12/essas-unioes-carmicas-sao-maior.html

Lembrem-se que "ideal" é sempre algo a ser buscado, não necessariamente alcançado. O atleta ideal é o que leva a medalha de ouro, mas só tem uma medalha disponível em cada competição. O candidato(a) ideal para você é em quem você vota, não necessariamente é quem vai se eleger. O emprego que você considera ideal provavelmente é bem diferente do emprego que você tem, você pode usar o ideal como guia e ir trocando por algo melhor sempre que surgir oportunidade, mas a maioria das pessoas jamais conseguirá o emprego que considera ideal. Idealizar demais pode afastar da realidade, acabar criando uma imagem tão perfeita que nada nem ninguém será bom o suficiente para você. Muitos channers sofrem disso, não seja como eles. Leve o ideal em conta, olhe para o ideal, vá em direção a ele, mas com os pés no chão, lidando com o que é real.

 No.5073

>>5069
>Isso é um texto antigo tirado dos retardos do Nessahan Alita, só mudaram a palavra "otário" por "mulher".

Na verdade mudaram também o gênero de todos os adjetivos do texto.

 No.5111

A.k.a prepotente.
Pra dessas eu não dou nem bom dia.



File: 1580489998077.jpg (227,74 KB, 1600x900, dating apps.jpg) ImgOps Exif Google

 No.4265[Responder]

Você usa ou já usou aplicativos (ou sites) de namoro?
Como foi a sua experiência?
19 mensagens e 5 respostas com imagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5088

Esse negócio de foguinho é sério mesmo? Fiz um ante ontem por recomendação de minha mãe e ganhei cinco likes. Seria pescaria para eu assinar o Gold?
Fiz só de zoação, pois estou desempregado.

 No.5101

>>5088
>pois estou desempregado
Desculpa de falho. Se você for legal, pode até chamar pra tomar sorvete na praça que alguém vai.

 No.5106

>>5087
Tô perdendo duro com esse sojado, eu pego bastante gente se eu quiser e só um otário mesmo ficaria com resto dos outros.

 No.5107

File: 1582382613098.jpeg (16,02 KB, 800x703, received_184186042515215.jpeg) ImgOps Google

>>5106
"Pego bastante gente se eu quiser"

Meu deus que frase de fracassado…

 No.5108

>>5101
Moro em cidade grande. Meu plano é conseguir iniciar uma carreira, construir patrimônio e lá para os quarenta tentar conseguir uma namorada.



File: 1582340297074.png (342,27 KB, 860x814, ClipboardImage.png) ImgOps Google

 No.5097[Responder]

Alguma anã quer ir em algum bloco de carnaval comigo?


File: 1582339489857.jpg (93,39 KB, 636x782, 79107661_1034970946856857_….jpg) ImgOps Exif Google

 No.5096[Responder]

"Piririm piririm piririm alguém ligou pra mim, quem é?" (8
"Aqui estou mais um dia…" (8
Pra vocês o que faz uma música se eternizar? Tem música que mesmo se passando tanto tempo permanece na nossa cabeça.
O que notei foi que a maioria desses chicletes são trechos aleatórios como também: "Eu vou passar cerol na mão, vou sim vou sim" (8


File: 1582324733528.jpg (58,14 KB, 640x426, Condominio do Edificio Urs….jpg) ImgOps Exif Google

 No.5085[Responder]

Carnaval de 2020. Se me permitirem, lhes brindarei com uma história antiga, pertencente ao Carnaval de 2001.

Eu tenho um amigo chamado Jeferson. Na época eu com 17 anos e ele com 16, ambos playboys, desempregados, ainda no ensino médio e sustentados por famílias abastadas, tínhamos tempo para curtir a vida e fazer altas merdas.

Costumávamos ir para a praia com um grupo de amigos, com os quais jogávamos bola e também conversa fora. Numa dessas conversas, eu e Jeferson descobrimos um desejo em comum: conhecer e frequentar a praia no início do dia, praticamente de madrugada para ver como era. Morávamos longe do litoral do Rio de Janeiro, mais precisamente na Zona Norte.

Não éramos vítimas da "Maldição do Vamos Marcar". Três dias depois partimos para a aventura. Lembro que na primeira vez que fomos, deu uma confusão do caralho: eu toquei o interfone, ele ouviu mas não atendeu a tempo. Eu, pensando que ele não havia conseguido acordar, fui embora para a minha casa e ao chegar no meu lar, me deparo com a minha família toda acordada, pois ele havia ligado para lá para me avisar de que eu deveria voltar. Resultado: quatro da madruga e minha família e a dele inteiras, todos acordados. Depois não aconteceu mais esse tipo de rolo.

A praia de Copacabana de madrugada é uma coisa de sonho. Não tem ninguém, é linda e a água é mais calma que o normal, chega a parecer uma piscina. Você chega a nadar ao lado de peixes em determinados momentos. Achamos que valeu a pena a aventura e combinamos de fazer mais vezes.

Na terceira vez que fomos, aconteceu algo extremamente inusitado. Lá para as 4h30min da madrugada de uma sexta-feira do primeiro Carnaval do terceiro milênio, enquanto sentados no ponto de ônibus eu e ele, de repente para na nossa frente um automóvel Monza prеto com três pessoas dentro: nos bancos da frente, um otário nеgro e uma mulhеr branca. No banco de trás, uma menina de aparentemente uns 21 anos gostosíssima, branca e de longos cabelos cacheados, claramente fora de si. Bêbada ou drogada. Alegre demais.

Começo a ouvir uns chamados vindos do nеgão e Jeferson fica sentado olhando para a minha cara. Levanto imediatamente porque na minha inocência, era apenas uma galera no meio do Carnaval querendo saber o nome de alguma rua. Me dirigi até eles para ajudar.

Ao chegar perto da janela, escuto o primeiro grito do motorista: "É PRA FОDER SEM CAMISINHA, HEIN! NA PELE!". Após ouvir isso, olho para o banco traMensagem muito longa. Clique aqui para ver o texto completo.

 No.5086

Ué, você mora no apartamento do Bluezão?



File: 1581984207178.gif (451,85 KB, 300x316, original.gif) ImgOps Google

 No.4968[Responder]

Você já traiu algum escravo seu, anã?
Não tenham medo de julgamento, estamos em um fórum anônimo. Relatem os motivos exatos que levaram vocês a cometer tal ato e como o mesmo se procedeu.
8 mensagens omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5043

Anã que excluiu o post, por qual motivo você mandou nudes para outro enquanto namorava? Sei que falou que se arrepende, mas o que foi que te levou a fazer isso?

 No.5076

File: 1582267015562.png (415,45 KB, 720x716, 1582143064583.png) ImgOps Google

Pensei que viria aqui altíssimo conteúdo para alimentar minha misoginia.
Estou decepcionado.

 No.5077

Desejo toda a forma de desgraça e moléstia para pessoas traíras, esse tipo de rato deve ser envolvido em loucura e enfermidades

 No.5080

File: 1582305596766.jpg (279,35 KB, 1024x768, 141696.jpg) ImgOps Exif Google

>boca -> língua, evoca sentir gosto -> sorriso, satisfação, ousadia -> olhos, agressividade, impusividade, agir de maneira auto-afirmativa e cheia de raiva, sem pensar -> símbolo do personagem feminino -> mescla de conceitos no símbolo final

  Em termos; traí a pessoa, desprezei a pessoa, transformei a pessoa num símbolo. O símbolo, wu símbole. Foda-se a pessoa, eleve-se wu símbolo, ultrapassasse estar porcarida de dimensão, estas telas de 2D enfileiradas para vemos a longa fileira do que a evolução representa. Mas dane-se wu complexe, às vezes eu quero wu simples, também… Só que não quero um'simples… Quero todo o complexo, tode wu complexe, quero a totalidade, quero todas as partes. Quero as partes e wus modeles de como as partes interagem. Quero a blueprint, foda-se o produto montado.

  Agora, onde estava-se? Ah sim, vejam o símbolo representado em >>4968, ou suas partes interagindo. As sombracelhas provavelmente não existem e foram pintadas, os olhos têm símbolos de olhos de gato pintado em suas voltas, para parecerem maiores e dar alguma agressividade a eles.
  Aquele suposto sorriso, aquele sorriso que tenta ser alguém e não um só uma palavra, um termo, uma mensagem… A impressão que dá é que o mexer os lábios e a língua evoca emwu observadore uma sensação hormonal, supostamente uma sensação relacionada a prazer; primeire wu prazer, depois uma pessoas fazendo um sinal de ousadia e de provar, e assim se cria um fluxo de conceitos; no centro da imagem, venham bem, está a boca…
  …boca, primeiro conceito. Segundo conceito, provar, porque uma língua apareceu. Terceiro conceito, sorriso, satisfação, ousadia, falta de pudor, dado o tipo de sorriso usado.
  Quarto conceito, por projeção se cria emwu observadore a sensação de raiva, agressividade, buscando fazer com que wu observadore pare de pensar e refletir sobre o que está acontecendo e tome alguma atitude impulsiva, faça seja lá o que é sugerido; os olhos da garota em si provavelmente estão facialmente relaxados e frios, mas passam a sensação de impulsividade, agressividade devido à pintura em volta deles.
. Os conceitos faciais são extremamente bem enfatizades pela moldura facial provida pelo cabelo (genitálias enfáticas, tem muito laquê ali, anon! Se acenderem um fósforo perto desta cabeleira, surgMensagem muito longa. Clique aqui para ver o texto completo.

 No.5083

As anãs não vão relatar, por mais que elas realmente tenham traído. Elas tem medo da exposição de algo sujo até mesmo de forma anônima, aceite OP.



File: 1582178744324-0.webm (3,88 MB, 500x888, 1581787574173-2.webm) ImgOps Google

File: 1582178744324-1.mp4 (1,8 MB, 320x180, bomdia punch.mp4) ImgOps Google

 No.5048[Responder]

Pode violência aqui no chanzinho ? :3

 No.5065

Só pode se for otário cis hetero apanhando.

 No.5070

O gritinho dessa primeira me deixou exitado, queria ver ela levando mais.



File: 1582239439151.jpg (615,9 KB, 1500x1000, 1301460.jpg) ImgOps Exif Google

 No.5063[Responder]

(Texto retirado de uma resposta num buraco aleatório aí
)
  Curiosamente, nào me recordo de ter feito postagens como "lúcifer é yehoshua" ("jesus" é o caralho [ou genitália enfática, mas enfim] de algum gregue, desde quando este nome soa minimamente hebraico/judeu?) ou coisas assim, mas lembro claramente de ter escrito um belo texto sobre a tentativa de humanização de uma criatura (ó, trocadalho [lembro de ter feito esta mesma piada no texto, inclusive]) supostamente divina, quando wu humanidade mal consegue prestar atençào em qualquer coisa além de si mesme; o resultado final é que wu humanidade não tem a capacidade de se relacionar com qualquer coisa que não seja humane, em especial, porque não consegue tentar conceber nada que não se comporte exatamente como elus (salto de linha para ênfase):
  Veja bem, por definição, se a natureza deídica proposta naquele fanzine religiose dewus gregues for levade a sério, a deídade dewu fanzine em questão, aquele ripoff imitação de Indra e Odin ( PIE, afasta de mim este cale-se [git?]…! ) seria, essencialmente incompreensível a um ser humane, dado que um ser deídique, segundo a própria teoria religiosa, criou wu realidade/universe à nossa volta.

  O ser humano não entende o universo. Segundo a própria teoria cristianista, a deidade única proposta pelo fanzine criou o universo. O ser humano não entende o universo, mas entende a dividade???
  Tá beleza, creuza. Por sinal, como no texto original, Kierkegaard mandou abraçes.

  Ademais, e curiosamente, se as ações da divindade proposta pelo fanzine religioso forem analisadas e removidas de um contexto religioso, e colocadas num contexto de relação de dono-posse, mestre-propriedade, dominação-submissão, numa relação humana de pessoa superior e pessoa inferior, quase um relacionamento de Senhor (eita, vivem usando esta palavra no fanzine, kekekek) e escravo…
  …curiosamente, repito, a relação passa a fazer sentido; o fanzine religioso apelidado de bíblia, livro em grego (greguês, idioma grego, wakarimashita ne) serve muito bem como um relato e manual de adestramento para como escravos se devem se comportar. Ainda levando-se este detalhe em conta, duuude, não há absolutamente nada que seja incompreensível e além do humane na deidade do bibliofanzine (heh, fan de fanatic!):
  Se você imaginar a pseudo-divindade deste bibliofanzine numa relação cotidiana com um ser humane abusive, não Mensagem muito longa. Clique aqui para ver o texto completo.


 No.5021[Responder]

WEBM/MP4
1 mensagem omitidas. Clique em responder para visualizar.

 No.5038

A mulhere gritando é feminista?

 No.5042

Essa é a minha favorita, e também foi na esplanada!

 No.5052

Bump

 No.5053


 No.5059

>>5042
Nível Emerson.



Deletar Mensagem [ ]
Anterior [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13] [14] [15] [16] [17] [18] [19] [20] [21] [22]
| Catalog
[ busca ] [ bans ] [ b / coz / frufru / escoria / mad / foguinho / coven ] [ mod ]